Autor Tópico: Qualificação Taça das Nações Africanas - 7 a 9 de Outubro  (Lida 2762 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Carlos_Lucas

  • Administrador
  • C
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Out 2006
  • Localidade: Faralhão
  • Mensagens:
    60263
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    1398





Lista de Análises e Previsões/Prognósticos

snakederrick - RD Congo – Camarões - RD Congo  @ 3.20 Bet36.5 (2-3) :perdida:
snakederrick - Egipto – Niger - Niger DNB  @ 3.40 Bet36.5 (3-0) :perdida:
snakederrick - Zâmbia – Líbia - Empate  @ 3.60 Bwi.n (0-0) :ganha:
snakederrick - África do Sul – Serra Leoa - Mais de 2.5 golos  @ 2.05 Betcli.c (0-0) :perdida:
snakederrick - Uganda vs Quénia - Quénia  @ 5.25 Bwi.n (0-0) :perdida:
snakederrick - Moçambique vs Comores - Moçambique a ganhar a zero @ 2.20 Bet36.5 (3-0) :ganha:
snakederrick - Liberia vs Mali - Malia  @ 1.91 Bet36.5 (2-2) :perdida:
snakederrick - Cabo Verde vs Zimbabwe - Zimbabwe  @ 4.33 Bwi.n (2-1) :ganha:
Illuminattus - Costa do Marfim vs Burundi - Costa do Marfim HT/FT @ 1,72 Bet365 :perdida: (0-0 HT 2-1 FT)
Illuminattus - Argélia vs Republica Central Africana - Argelia @ 1,69 Betfair :ganha: (2-0)
Illuminattus - Marrocos vs Tanzânia - Marrocos HT/FT @ 1,83 Bet365 :perdida: (1-1 HT 3-1 FT)
« Última modificação: 10 de Outubro de 2011, 23:46 por Carlos_Lucas »



snakederrick

  • Multimilionário
  • s
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Jun 2008
  • Localidade:
  • Mensagens:
    5148
    Pts Tipsr:
    1914
em: 06 de Outubro de 2011, 20:09
Uma correcção: estes jogos não são de qualificação para o Mundial 2014, mas sim para a Taça nas Nações Africanas 2012. A qualificação para o Mundial começa apenas em Novembro, creio, com a eliminatória entre as selecções menos cotadas.



snakederrick

  • Multimilionário
  • s
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Jun 2008
  • Localidade:
  • Mensagens:
    5148
    Pts Tipsr:
    1914
em: 06 de Outubro de 2011, 20:10
RD Congo – Camarões
7 de Outubro
15h30

República Democrática do Congo e Camarões encontram-se na última jornada do Grupo E, ambos com poucas hipóteses de qualificação para a fase final da Taça de África das Nações 2012. Ambos precisam da vitória para, depois, esperar por outros resultados para ver se conseguiram um dos dois segundos melhores lugares. Para já, as perspectivas de tal acontecer são muito poucas, já que, de momento, os Camarões (2º) são o pior 2º classificado, uma vez que os resultados contam o último classificado do grupo não são quantificados e, assim, a selecção de Javier Clemente conta apenas dois pontos (empates com Congo e Senegal, em casa). Numa complexa conjugação de resultados, qualquer uma destas selecções (Congo ou Camarões) poderá qualificar-se para a fase final, mas as possibilidades reais são de facto reduzidas.

A equipa do Congo conseguiu um excelente empate (1-1) em Garoua, nos Camarões, na 1ª volta e, como se esperava, venceu ambas as partidas diante de Mauritius (3-0 e 2-1). O problema foram as duas derrotas diante de um super Senegal (2-4 e 0-2), que garantiu já o 1º lugar neste Grupo.  O treinador é novamente o francês Claude Le Roy, que havia já orientado a equipa em anos anteriores, e a convocatória conta com vários atletas de clubes europeus em grande forma, como Ekoko Kembo Jires, do Rennes (7/3 na presente época), Arnold Mvuemba, do Lorient (7/1) ou Matumona Zola, do Mons (9/1). Do lado camaronês, o seleccionador Javier Clemente deverá fazer o seu último encontro ao comando da equipa, já que os rumores insistem na entrada de Raymond Domenech após a partida no Congo. Clemente não apresentou resultados e teve diversos problemas disciplinares com jogadores, sendo que, para este encontro, há várias ausências a registar. Benoît Angbwa (Anzhi), Benoît Assou-Ekotto (Tottenham), Aurélien Chedjou (Lille), Joël Matip (Schalke), Stéphane Mbia (Marselha), Somen Tchoyi (WBA), Jean Makoun (Olympiakos), Pierre Webó (Istanbul) ou Georges Mandjeck (Rennes) são alguns dos ausentes pelas mais variadas razões (lesões, disciplina, questões administrativas). A convocatória final tem então 20 jogadores, mas oito desses atletas têm duas internacionalizações ou menos, e apenas sete dos convocados já chegaram à vintena de encontros pela sua selecção.

Samuel Eto’o e Alexandre Song estão de regresso à selecção, mas, mesmo assim, trata-se de uma selecção com demasiadas ausências. Se, a isso, juntarmos o facto de as possibilidades de apuramento serem quase inexistentes (a conjugação de resultados é complicada), creio que teremos uma selecção camaronesa bastante menos forte do que seria de esperar. Do outro lado, as perspectivas de apuramento são até um pouco menos realistas, mas o Congo tem novo treinador e os jogadores deverão querer mostrar serviço. Do outro lado, Clemente estará quase certamente de saída e o ambiente na selecção não é o melhor. Assim, e tendo já conquistado um empate nos Camarões, acredito que a equipa do Congo tem boas chances de vencer aqui. O estádio Stade des Martyrs de la Pentecôte, em Kinshasa, tem 80 mil lugares e estará certamente cheio ou muito perto disso, e a motivação dos homens da casa, mesmo com o apuramento complicado, será sempre bem mais do que do lado camaronês, certamente.

Pick: RD Congo 3.20@Bet365



Forum de Apostas

Re: Qualificação Mundial 2014 - Zona Africana - 7 a 9 de Outubro
« Responder #2 em: 06 de Outubro de 2011, 20:10 »

snakederrick

  • Multimilionário
  • s
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Jun 2008
  • Localidade:
  • Mensagens:
    5148
    Pts Tipsr:
    1914
em: 06 de Outubro de 2011, 21:12
Egipto – Niger
8 de Outubro
16h00

A selecção do Egipto decidiu fazer avançar a sua selecção sub-23, assim que as perspectivas de marcar presença no próximo CAN se dissiparam. Na última jornada, na deslocação à Serra Leoa, o país já apresentou a sua selecção sub-23, saindo derrotado por 2-1. Este último encontro da fase de qualificação para o CAN será então, nas palavras do técnico sub-23 Hany Ramzy, um jogo para preparar o Campeonato Africano Sub-23 e a Qualificação para os Jogos Olímpicos de Londres, em 2012. Do lado do Niger as coisas não podiam ser mais distintas. A equipa lidera o seu grupo, com 9 pontos, apenas um de vantagem sobre África do Sul e Serra Leo, e apenas um triunfo no Egipto lhe garante o apuramento directo, com um empate a garantir o 2º posto (que poderá chegar, se terminar como um dos dois melhores segundos classificados). Esta equipa venceu surpreendentemente a selecção principal do Egipto, em casa, por 1-0, e, agora, diante dos sub-23 e a um passo de uma inédita qualificação para a fase final do CAN.

O problema é que a equipa do Niger é uma equipa de jogos em casa, onde, de resto, venceu os 3 encontros que aí disputou: Egipto (1-0), Serra Leoa (3-1) e África do Sul (2-1). Fora, a selecção do Niger foi derrotada na África do Sul (0-2) e Serra Leoa (0-1). É uma equipa modesta, onde se destacam os “europeus” Maazou (Zulte-Waregem) e Harouna Bonnes (Nantes) e Issoufou (FAR Rabat), mas que sabe estar próxima dum feito histórico para o seu país. Maazou, que decidiu o anterior encontro com o Egipto, é mesmo a grande estrela da companhia, ele que pertence aos quadros do CSKA de Moscovo, estando de momento emprestado aos belgas do Zulte-Waregem.

Pouco mais a dizer, aqui. O Egipto, mesmo com os sub-23, não será pêra doce, sobretudo em casa, mas estamos perante uma selecção do Niger que parece já ter feito o mais complicado e que não quererá certamente morrer agora na praia. A equipa da casa terá um jogo mais técnico perante a força física e o querer do Niger, mas acredito que os visitantes tenham mesmo grandes possibilidades de sair do Cairo com a vitória. As motivações das equipas são completamente diferentes e, com a possibilidade de chegar pela primeira vez à fase final do CAN à distância de uma vitória perante uma selecção Sub-23, acredito que os homens do Niger consigam repetir o feito de Março passado e vencer o Egipto. Até porque, se já venceram os seniores, podem perfeitamente vencer os sub-23, ainda que fora de casa.

P.S: Na verdade, fiz melhor as contas e apenas a vitória deverá chegar aqui aos homens do Niger. O empate garante o 2º lugar, sim, mas a equipa do Niger somaria apenas 6 pontos na tabela de apuramento dos dois segundos melhores classificados, o que muito dificilmente chegaria. Assim sendo, deixo também a odd para a vitória dos visitantes, o único resultado que, recordo, apura definitivamente esta selecção para a fase final do CAN.

Pick: Niger DNB 3.40@Bet365
Niger 4.80@Williamhill
« Última modificação: 06 de Outubro de 2011, 22:30 por snakederrick »



snakederrick

  • Multimilionário
  • s
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Jun 2008
  • Localidade:
  • Mensagens:
    5148
    Pts Tipsr:
    1914
em: 06 de Outubro de 2011, 21:41
Zâmbia – Líbia
8 de Outubro
14h00

Jogo em o empate deverá chegar para ambas as selecções marcarem presença na final do próximo CAN. A Zâmbia é líder deste Grupo C, com 12 pontos (4 vitórias e 1 derrota) e, com o empate sagrar-se-ia vencedor deste agrupamento, enquanto a Líbia, que é 2º, com 11 pontos (3 vitórias e 2 empates), seria quase certamente um dos dois melhores segundos classificados. A equipa líbia somaria oito pontos para esse desempate em particular (os pontos conquistados perante o último classificado do grupo não entram nestas contas) e ficaria muito bem colocada para a qualificação através dos segundos melhores lugares. Não é garantido, mas só com muito azar é que o empate não seria suficiente para a selecção líbia.

À selecção da Zâmbia basta mesmo o empate, já que a equipa conquistaria o grupo, para poder regressar a uma fase final após o bom desempenho de 2010 (quartos-de-final). Esta equipa teve um bom desempenho também nesta fase de qualificação até ao momento, vencendo as duas partidas com as Comorros (4-0 e 2-1) e Moçambique (3-0 e 2-0), mas não conseguiram evitar a derrota em Tripoli, por 1-0. A equipa líbia tem mostrado um enorme coração, uma vez que, devido às convulsões políticas e sociais no país, a selecção se viu obrigada a disputar os dois encontros caseiros que lhe faltavam em terreno neutro. Foi no Mali que “recebeu” e bateu as Comorros, por 3-0, e foi no Egipto que derrotou Moçambique, por 1-0, num encontro preparado de forma sui generis, já que o seleccionador nacional, o brasileiro Marcos Paquetá, nem sabia sequer em que condições estariam os seus jogadores.

O empate terá sempre uma dose de risco para o lado líbio, mas a verdade é que a equipa também ainda não faz melhor do que isso (empatar) nas duas outras deslocações (Comorros a Moçambique). Trata-se de uma equipa defensivamente muito evoluída, daí que tenha sofrido apenas um golo em cinco jogos, e, tendo muito mais paz para preparar este encontro do que os anteriores, acredito que a equipa (onde pontifica Djamal, do Braga) consiga da Zâmbia sem perder. Em suma, com o empate a servir plenamente as pretensões dos zambianos e a servir em larga parte as pretensões dos líbios (com o empate, apenas um triunfo da República Centro Africana, que visita a Argélia, poderia apoquentar a qualificação líbia – as outras possibilidades são bem mais mirabolantes), acredito que as duas equipas partilhem aqui os pontos, sem grandes chatices.

Pick: Empate 3.60@Bwin



snakederrick

  • Multimilionário
  • s
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Jun 2008
  • Localidade:
  • Mensagens:
    5148
    Pts Tipsr:
    1914
em: 06 de Outubro de 2011, 22:55
África do Sul – Serra Leoa
8 de Outubro
16h00

Para África do Sul e Serra Leoa a hipótese é apenas uma: vencer. Com a vitória, e se o Niger não vencer o Egipto, conquista-se o apuramento, e, se o Niger vencer no Cairo, alcança-se o 2º lugar e fica-se na expectativa de se ter conseguido um dos segundos melhores. Mas, dê por onde der, apenas a vitória permitirá sonhar a qualquer uma destas equipas. Os Sul-africanos são favoritos, tendo vencido os dois encontros que disputou em casa (2-0 ao Niger e 1-0 ao Egipto), mas a equipa conta algumas ausências de peso, nomeadamente Tsepo Masilela (Getafe), Aaron Mokoena (Portsmouth), Steven Pienaar (Tottenham) e Davide Somma (Leeds). Com duas vitórias em casa nas duas últimas jornadas (2-1 ao Egipto e 1-0 ao Niger), a equipa da Serra Leo surge ainda na corrida por um apuramento que já não alcança desde 1996. Esta selecção apresenta os seus melhores valores na zona mais avançada do terreno, com nomes como Rodney Strasser (emprestado ao Lecce pelo Milan) ou os Bangura – Teteh (Bursaspor) e Mohamed (Celtic).

Esperam-se duas equipas à procura da vitória e, consequentemente, do golo. Estas equipas empataram a zero, na Serra Leoa, há um ano atrás, mas agora tudo mudou e apenas os três pontos interessam a qualquer uma das equipas. Sendo equipas com bons elementos de cariz ofensivo, como Mphela, Parker, Serero ou Tshabalala, do lado sul-africano, e os já citados Strasser, Teteh e Mohamed Bangura, do lado da Serra Leoa, acredito que o Over surja aqui com um bom valor. O treinador sul-africano, Pitso Mosimane, resumiu bem o que deve ocorrer neste encontro: “A única forma da Serra Leoa conseguir alguma coisa é apresentando um jogo ofensivo, o que abrirá o encontro porque o nosso plano é atacar sempre para conseguirmos uma vitória”.
 
Pick: Mais de 2.5 golos 2.05@Betclic



Carlos_Lucas

  • Administrador
  • C
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Out 2006
  • Localidade: Faralhão
  • Mensagens:
    60263
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    1398
em: 06 de Outubro de 2011, 23:48
Uma correcção: estes jogos não são de qualificação para o Mundial 2014, mas sim para a Taça nas Nações Africanas 2012. A qualificação para o Mundial começa apenas em Novembro, creio, com a eliminatória entre as selecções menos cotadas.

Era o que as casas de apostas indicavam, qualificação para o mundial, aliás dá para veres na imagem das odds do 1º post :(



Bruno Coutinho

  • Administrador
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Set 2005
  • Localidade: Lisboa
  • Mensagens:
    227239
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    108
em: 06 de Outubro de 2011, 23:49
Por acaso para o portal percebi isso.



Forum de Apostas

Re: Qualificação Taça das Nações Africanas - 7 a 9 de Outubro
« Responder #7 em: 06 de Outubro de 2011, 23:49 »

snakederrick

  • Multimilionário
  • s
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Jun 2008
  • Localidade:
  • Mensagens:
    5148
    Pts Tipsr:
    1914
em: 07 de Outubro de 2011, 19:08
Uganda – Quénia
8 de Outubro
15h00

No Grupo J, tudo em aberto para três equipas. O Uganda é o actual 1º, com 10 pontos, seguido de Angola, com 9, enquanto o Quénia é 3º, com 7 pontos conquistados. Nesta partida, apenas a vitória interessa a ambas as selecções. Vencendo, o Uganda apura-se directamente, ao passo que, com o empate, a equipa fica à mercê de Angola, que visita a Guiné-Bissau. No caso de cair para o 2º lugar (empatando com o Quénia), o Uganda será eliminado, visto que contaria apenas 4 pontos válidos para o apuramento dos dois segundos melhores classificados (o que não chega, nem de perto). Na mesma medida, a derrota diante do Quénia elimina os ugandeses. Do lado do Quénia, as contas são idênticas, apesar dos actuais 3 pontos de avanço. Se vencer no Uganda, a equipa somaria 10 pontos e, no mínimo, conquistaria o 2º lugar (seria possível o 1º, mas dependeria sempre de Angola não conquistar os 3 pontos na Guiné). No apuramento dos dois melhores segundos, a equipa queniana somaria 7 pontos, marca que poderia perfeitamente chegar para chegar à fase final do CAN.

A equipa da casa espera fazer valer o seu poderio nessa condição, onde já bateu Angola (3-0), há pouco mais de um ano, e Guiné (2-0), em Junho. Uma vitória diante do grande rival Quénia colocaria a selecção ugandesa na fase final do CAN, algo que não alcançam desde 1978. A equipa não tem nomes sonantes e rareiam mesmo os atletas em clubes europeus. O médio do Hearts, David Obua, é a grande estrela, mas tem problemas físicos e poderá mesmo falhar esta decisiva partida, sendo que os defesas Joseph Kizito (Partizan) e Ibrahim Sekagya (Red Bull Salzburgo) serão os outros dois atletas mais cotados. A restante equipa espalha-se por campeonatos ainda menos sonantes, como o Etíope, o Ugandês, o Islandês, o Sul-africano e o Cazaque, por exemplo.

O Quénia teve uma participação irregular neste grupo, com duas vitórias caseiras, ambas por 2-1, frente a Angola e Guiné, e um empate também em casa, a zero, frente ao Uganda, para além de duas derrotas fora de portas, por 1-0, na Guiné e Angola. Para regressar à uma fase final onde estiveram pela última vez em 2004, os quenianos precisam então de vencer fora de casa, algo que só conseguiram por uma vez nos últimos doze encontros (frente ao Sudão, num amigável, por 1-0). No resto, dez derrotas(!), embora quase sempre diante de adversários cotados como Angola, Nigéria, África do Sul ou Egipto, e um empate na Tanzânia. Números aterradores para uma equipa que precisa de bater o seu grande rival fora de casa, precisamente onde estes são bem mais fortes. A seu favor, esta equipa do Quénia apresenta o facto de ter novo treinador e contar com atletas bem mais cotados, sobretudo no ataque, onde Dennis Oliech (Auxerre) chega em excelente momento, tendo apontado quatro golos nos últimos dois encontros de Ligue 1. Além de Oliech, que prometeu um hat-trick frente ao Uganda, a selecção conta com Mariga (emprestado pelo Inter à Real Sociedad), Wanyama (Celtic), Patrick Osiako (Mjallby) e Victor Mugabe (Germinal Beerschot).

Jogo muito complicado de prever, mas, contra as expectativas, irei apoiar aqui os visitantes. É inegável que o registo caseiro do Uganda impressiona, na mesma medida que o do Quénia desilude enormemente, mas a equipa visitante conta aqui com novo treinador, que preparou este encontro com bastante antecedência, realizando mesmo uma pré-convocatória de 29 atletas. Oliech foi nomeado capitão e é a grande esperança do Quénia para esta partida e, atentando na excelente forma do avançado do Auxerre, creio que essas esperanças terão pouco de infundadas. A imperiosa necessidade dos ugandeses também vencerem deverá soltar Mariga e Oliech, uma vez que a equipa da casa não poderá adoptar aqui o seu estilo de jogo calculista (defesa muito compacta e bolas directas para os seus avançados). Há mais qualidade do lado queniano, é inegável, e creio que os jogadores estarão mais do que habituados ao calor ugandês (uma enorme mais-valia quando defronta equipas vindas de latitudes mais amenas). Com Mariga de regresso (falhara as duas partidas anteriores), um Oliech em grande momento e um treinador que parece bem mais competente que o anterior (a equipa do Quénia realizou até um estágio de duas semanas, preparando as condições esperadas no Uganda), vejo valor na vitória dos visitantes.

Pick: Quénia 5.25@Bwin



snakederrick

  • Multimilionário
  • s
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Jun 2008
  • Localidade:
  • Mensagens:
    5148
    Pts Tipsr:
    1914
em: 07 de Outubro de 2011, 19:09
Uma correcção: estes jogos não são de qualificação para o Mundial 2014, mas sim para a Taça nas Nações Africanas 2012. A qualificação para o Mundial começa apenas em Novembro, creio, com a eliminatória entre as selecções menos cotadas.

Era o que as casas de apostas indicavam, qualificação para o mundial, aliás dá para veres na imagem das odds do 1º post :(

Sim, é bastante confuso, dado que, por vezes, a qualificação para o CAN e para os mundiais se misturam por completo.  :bom:



snakederrick

  • Multimilionário
  • s
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Jun 2008
  • Localidade:
  • Mensagens:
    5148
    Pts Tipsr:
    1914
em: 07 de Outubro de 2011, 19:11
RD Congo – Camarões
Pick: RD Congo 3.20@Bet365  :perdida:

2-3

Foi pena a quebra física do Congo, que até falhou um penalty (ainda na 1ª parte). Quando as forças começaram a faltar, Song tomou conta do meio-campo e os Camarões viraram tudo, já no último quarto de hora...




snakederrick

  • Multimilionário
  • s
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Jun 2008
  • Localidade:
  • Mensagens:
    5148
    Pts Tipsr:
    1914
em: 07 de Outubro de 2011, 19:54
Moçambique – Comores
8 de Outubro
14h00

Jogo que nada alterará no Grupo C, já que tanto Moçambique (3º, 4 pontos) como as Comores (4º, 1 ponto) já nada podem alcançar. Curiosamente, estas duas equipas voltarão a encontrar-se numa pré-eliminatória de acesso aos grupos de apuramento para o próximo campeonato do mundo, de maneira que se terá aqui uma boa oportunidade para perceber o que se poderá passar nessa altura. A selecção moçambicana tinha aspirações de se qualificar para o CAN 2012, mas, após a vitória inaugural nas Comores (1-0) e o nulo na recepção à Líbia, a equipa perdeu as três partidas seguintes, por duas vezes com o líder Zâmbia (0-2 e 0-3), e depois com a Líbia, em terreno neutro (Cairo), por 1-0. Os moçambicanos jogarão aqui apenas pelo orgulho e honra, razão mais do que suficiente, segundo os seus responsáveis, para os jogadores darem tudo por tudo. Alguns consagrados ficaram de fora desta convocatória (Mexer, Mano, Simão), que conta, ainda assim, com Paíto e Dário, bem como outros jogadores que alinham no campeonato sul-africano, como Miro ou Dominguez. Moçambique espera voltar a ser forte no seu terreno, como aquando do apuramento para o Mundial 2010, altura em que bateram a Tunísia e o Quénia, por 1-0, e empataram com a Nigéria, a zero.

As Comores são uma selecção fraquíssima, ocupando de momento o 182º lugar do ranking da FIFA. A equipa conquistou o seu único ponto em casa (onde ainda conseguem ser minimamente competitivos, sobretudo devido à péssima qualidade dos relvados) frente à Líbia (1-1), mas, como visitante, são quase inexistentes. Nos tempos mais recentes (desde 2006), têm apenas uma vitória (num amigável no Djibouti, por 4-2) e um empate (a zero com as Seychelles), tendo perdido as restantes cinco partidas fora de casa: quatro delas a zero (0-2 com o Iémen, 0-4 com a Zâmbia, 0-3 com a Líbia e 0-2 com as Maurícias) e a outra por 6-2, no terreno de Madagáscar. Mesmo sem alguns dos seus jogadores mais experientes, a diferença de qualidade é assinalável e Moçambique terá de vencer as Comores, sobretudo para sair com alguma dignidade deste Grupo C. Os moçambicanos, em casa, já provaram que conseguem manter a sua baliza inviolada perante algumas das selecções mais fortes do continente e, recebendo aqui uma selecção das Comores que não festeja um golo como visitante há quatro anos, só posso acreditar numa vitória a zeros.

Pick: Moçambique para ganhar a zero 2.20@Bet365



snakederrick

  • Multimilionário
  • s
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Jun 2008
  • Localidade:
  • Mensagens:
    5148
    Pts Tipsr:
    1914
em: 07 de Outubro de 2011, 22:40
Libéria – Mali
8 de Outubro
16h00

O Mali, líder do Grupo A com nove pontos, precisa dos três pontos nesta visita à Libéria, enquanto os homens da casa já nada têm a alcançar nesta fase, ocupando o último lugar, com quatro pontos. Como muitas outras equipas africanas de topo, também os malianos cumpriram em casa (3 vitórias, sobre Libéria, Zimbabué e Cabo Verde), apresentando-se bem menos concentrados fora de casa, onde perderam as duas partidas até aqui realizadas (1-0 em Cabo Verde e 2-1 em Zimbabué). Agora a equipa do Mali precisa de vencer, caso contrário poderá ser ultrapassada pelo Zimbabué, que visita Cabo Verde. Para isso, os malianos vai com a artilharia toda. Seydou Keita, do Barcelona, é a estrela, mas há também Amadou Sidibé e Adama Coulibaly (Auxerre), Sidy Koné (Lyon), Abdou Traoré e Cheick Diabaté (Bordéus) ou Mohamed Fofana (Toulouse). A vitória é o único resultado que apura os malianos. Qualquer outro desfecho deixa a equipa dependente do que fizer o Zimbabué.

A equipa da Libéria é pouco apetrechada, mas conquistou todos os seus quatro pontos em casa, na vitória com Cabo Verde (1-0) e no empate com o Zimbabué (1-1). Fora, a equipa perdeu sempre, com Mali (1-2), Cabo Verde (2-4) e Zimbabué (0-3), e trata-se de um conjunto sem estrelas, onde o maior destaque irá para o jovem Sekou Oliseh, que pertence aos quadros do CSKA de Moscovo. Já houve rumores de o encontroe estar já “arranjado”, a favor dos malianos, tendo mesmo o Zimbabué apresentando uma queixa junto da Confederação Africana. Seja como for, só o triunfo interessa aqui aos visitantes e, na sua máxima força e diante de uma selecção menor, que para nada joga nesta altura (estará até bem mais preocupada com a eliminatória com as Maurícias, já de apuramento para o Mundial), o Mali deve sair aqui vencedor.

Pick: Mali 1.91@Bet365



snakederrick

  • Multimilionário
  • s
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Jun 2008
  • Localidade:
  • Mensagens:
    5148
    Pts Tipsr:
    1914
em: 07 de Outubro de 2011, 23:15
Cabo Verde – Zimbabué
8 de Outubro
16h00

Cabo Verde, no 3º lugar (7 pontos), e Zimbabué, no 2º (8 pontos), esperam poder sair vencedores deste confronto e, ao mesmo tempo, que a Libéria trave o Mali (1º, com 9 pontos). No caso dos cabo-verdianos, apenas a derrota dos malianos os apuraria (se vencerem o Zimbabué, claro), e, nesse sentido, o seu adversário tem bastantes mais hipóteses, já que, vencendo esta partida, basta-lhes qualquer deslize do Mali. O seleccionar do Zimbabué não tem dúvidas e disse mesmo que, se depender apenas do desfecho do seu jogo, a sua equipa estará na fase final do CAN. A crença na vitória é inabalável do lado dos zimbabueanos. O conjunto de Norman Mapeza começou esta fase de qualificação bastante mal, com empates na Libéria (1-1) e na recepção a Cabo Verde (0-0), perdendo em seguida no Mali (0-1). O apuramento parecia uma miragem, mas a equipa recuperou e, jogando tudo, venceu os dois últimos encontros, em casa, diante de Mali (2-1) e Libéria (3-0). A grande estrela é o jovem Knowledge Musona (Hoffenheim), mas destacam-se ainda Ovidy Karuru (Bologne), num elenco que conta maioritariamente com jogadores que actuam no principal campeonato da África do Sul.

A selecção de Cabo Verde fez o percurso oposto, começando de forma espectacular, caindo depois a pique. A equipa começou por vencer o Mali (1-0), em casa, indo em seguida conquistar um excelente empate (0-0) no terreno do Zimbabué. No terceiro encontro, de novo em casa, novo resultado positivo, no 4-2 à Libéria, mas depois a equipa caiu diante do mesmo adversário, fora (0-1) e no terreno do Mali (0-3). Na convocatória cabo-verdiana, são vários os jogadores actuam nos campeonatos portugueses (Stopira, Fernando Varela, Gêgê, Nivaldo, Babanco, Sténio ou Héldon), com os destaques a irem para a sua zona ofensiva, onde estarão Daddy (Olhanense), Djaniny (União de Leiria) e Valdo (Levante).

As possibilidades de Cabo Verde são bem mais longínquas, visto que, mesmo vencendo, necessitam de uma derrota do Mali na Libéria ou, se não for o caso, de ser o segundo melhor classificado (possibilidade ainda mais remota). A tarefa dos zimbabueanos é, então, mais alcançável, e com a equipa em clara subida de forma, ao passo que Cabo-verde vive o momento inverso, acredito na vontade e no querer da equipa de Mapenza para cumprir a sua missão nesta partida. A confiança parece reinar e o Zimbabué é uma equipa com bastante mais fibra do que a selecção cabo-verdiana, mesmo que esta última tenha jogadores de bom valor. Em suma, e com o bónus de vitória oferecido pela Federação do Zimbabué a ser dez vezes superior ao normal, creio que o valor está todo do lado dos visitantes nesta partida.

Pick: Zimbabué 4.33@Bwin
Zimbabué 3.30@Bet365



snakederrick

  • Multimilionário
  • s
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Jun 2008
  • Localidade:
  • Mensagens:
    5148
    Pts Tipsr:
    1914
em: 08 de Outubro de 2011, 19:40
Cabo Verde – Zimbabué 2-1
Pick: Zimbabué 4.33@  :perdida:
Zimbabué 3.30  :perdida:

Libéria – Mali 2-2
Pick: Mali 1.91  :perdida:

Moçambique – Comores 3-0
Pick: Moçambique para ganhar a zero 2.20  :ganha:

Uganda – Quénia 0-0
Pick: Quénia 5.25  :perdida:

África do Sul – Serra Leoa 0-0
Pick: Mais de 2.5 golos 2.05  :perdida:

Zâmbia – Líbia 0-0
Pick: Empate 3.60  :ganha:

Egipto – Niger 3-0
Pick: Niger DNB 3.40  :perdida:
Niger 4.80  :perdida:




 


Casas de Apostas: bet pt / Betclic / ESC Online / Nossa Aposta / Casino Portugal

Rede Apostaganha: Apostas / Palpites e Dicas de Apostas / Pronósticos de Apuestas / Betting Tips and Predictions