Autor Tópico: [Masters Shanghai & WTA Linz/Osaka] 14 de Outubro 2012  (Lida 1007 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

JoaoMac

  • HighRoller
  • J
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Set 2008
  • Localidade:
  • Mensagens:
    11084
    Pts Tipsr:
    911



sniperthebest

  • Magnata
  • s
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Fev 2010
  • Localidade:
  • Mensagens:
    19389
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    5371
em: 13 de Outubro de 2012, 19:14
Ténis – Masters de Xangai
14 de Outubro, 2.00 (horário Sportingbet)
Novak Djokovic vs Andy Murray
Pick: Novak Djokovic Sportingbet 1.60


Unidades: 9/10


   O sérvio Novak Djokovic procura roubar o estatuto de número um mundial a Federer na parte final da temporada e tem feito pela vida nos últimos torneios, subindo o seu nível de forma, de lembrar que o número 2 do Mundo vem de um triunfo em Pequim, diante de Tsonga.
   Djokovic desiludiu bastante nas duplas batalhas de Wimbledon, ficando aquém das expectativas, respondeu com um triunfo na Rogers Cup – embora com um quadro algo desfalcado – mas voltou a perder de forma clara diante de Federer na final de Cincinnati e embora tenha ido à “negra” da final do US open, não conseguiu superiorizar-se a Andy Murray.
   Esteve melhor na China, primeiro vencendo em Pequim cedendo apenas um set em todo o torneio e vencendo em sets diretos, 4 tenistas do top-50.
   Já em Xangai ainda não cedeu qualquer set e perante peritos em pisos rápidos como T.Haas e T.Berdych não sentiu dificuldades.
   Djokovic apesar de não ter um dos mais potentes saques do serviço é um tenista muito completo, com especial apetência para responder com propriedade aos saques contrários, é dos big-4 provavelmente o mais agressivo e o mais ousado. Jogador que melhorou bastante em termos físicos e de movimentação no fundo do court é especialmente “mortífero” nas acelerações de jogo que faz e nos seus “winners” de direita, mormente através de pancadas paralelas. Nota-se uma clara subida de forma e de confiança em Djokovic que faz lembrar a excelente época transacta.




   Andy Murray o ano passado venceu dois Masters no Pacífico de rajada e o piso rápido de Xangai favorece-lhe claramente - o escocês, número 3 do mundo, terá uma palavra a dizer na final deste torneio.
   Murray teve dificuldades em concentrar-se depois do êxito nas Olimpíadas, abdicou na terceira ronda da Rogers Cup e em Cincinnati não foi além dos oitavos de final mas voltou à carga no US open, vencendo o seu primeiro “major” na carreira, reforçando a ideia que o técnico I.Lendl está a fazer um bom trabalho.
   No Open do Japão ainda “abafou” Karlovic e Wawrinka mas acabou por ceder nas meias finais diante de Raonic, em 3 sets, mas subiu de produção em Xangai onde venceu Dolgopolov (2-0 sets) e Stepanek (2-1 sets), mas o maior destaque vai para o triunfo diante de Federer em duplo 6-4, voltando a triunfar diante do suíço em Xangai.
   Murray está mais confiante do quem nunca, afinal venceu o seu primeiro “major” e medalha de Ouro nesta época e é o bi-vencedor em título em Xangai e isso lhe dará certamente muita confiança para esta partida. Murray mostrou-se muito seguro diante de Roger Federer e não há dúvida que com novo técnico corre mais riscos, mas isso não tem impedido de elevar a sua eficiência – já não é um tenista só de forte saque e de vólei optimizado, já tem outra qualidade e outra vontade de contra-atacar as bolas difíceis dos oponentes.


   Conclusão: Apesar de Murray ser o campeão em título creio que o título vai sorrir a Djokovic, que tem vantagem no Head-2-head diante de Murray, 9/7, mas que mais importante que isso, recuperou a fortaleza psicológica e a agressividade de jogar que o caraterizava e isso ficou bem claro em Pequim, onde nem mesmo Tsonga teve tempo de entrar no jogo. Acresce que Murray ao contrário de outros anos não está tão forte em Masters, não tem sido fácil de digerir tantas emoções e êxitos de topo esta época e pode ainda acusar o esforço físico e psicológico do duelo diante de Federer. Em hardcourt, esta época, Djokovic leva vantagem em percentagens de êxitos: 44/4 vs 36/7. Mas não menos importante que isso é o facto de Djokovic estar mais solto no court e de ter armas para parar as bolas pesadas e junto à “baseline” de Murray, até porque o sérvio é um dos tenistas que melhor defende no circuito profissional.
O que têm em comum Lionel Messi, Eddy Merckx, Michael Jordan e Sniperthebest? 3 TITLES IN A ROW!
VENCEDOR...LIGA SPORTINGBET + BET365 + FANTASTICWIN Futebol Dez. 2012



da_silva

  • HighRoller
  • d
  • Estado:
    Online
  • Registo: Nov 2010
  • Localidade:
  • Mensagens:
    12369
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    5427
em: 14 de Outubro de 2012, 00:59
Competição: Masters Shanghai
Data: 14-10-2012 ás 09:30
Jogadores: Novak Djokovic vs Andy Murray
Pick: Novak Djokovic para vencer encontro a 1.53 @ Offsidebet
Confiança: 10/10


 :arrow: Novak Djokovic, sérvio de 25 anos de idade que ocupa a 2ª posição do Ranking ATP. Djokovic é um jogador que tem um ténis fantástico, os seus feitos de 2011 seriam quase impossiveis de serem repetidos, ainda assim, está a fazer uma época bastante aceitável. Djoko chega a este torneio com alguns titulos, começou com o Australian Open, Masters Miami, Masters Toronto e na semana passada, venceu o ATP Pequim. Para além destes resultados, não deixou de perder algumas finais, destacando-se a de Roland Garros para Nadal e mais recente, no Us Open, para Andy Murray em 5 sets. Todos os pontos que o sérvio fizer aqui serão lucro, pois o ano passado falhou este torneio devido a lesão. Djoko venceu aqui Grigor Dimitrov, Feliciano Lopez, Tommy Haas e Thomas Berdych, todos em 2 sets.

 :arrow: Andy Murray, tenista britânico de 25 anos de idade que ocupa a 3ª posição do Ranking ATP. Murray é um jogador tremendo, está num momento de forma muito bom, atingiu recentemente um dos seus objectivos de carreira, vencer um GrandSlam. Dada a sua qualidade, não espanta que o tenha conseguido, até porque o seu jogo está cada vez melhor e tácticamente este britânico está mais afoito, não só a nivel de jogadas, mas também a nivel de preparação/leitura dos adversários. O seu jogo dispensa qualquer tipo de apresentação, mas destaco a sua condição fisica e a sua direita que para mim, foram a base do seu sucesso na presente temporada. Murray chega a esta final com 3 titulos, ATP Brisbanne, Jogos Olimpicos e US Open. Murray depois de ter vencido o US Open, foi tentar defender o seu titulo em Tóquio, mas foi derrotado nas meias finais por Milos Raonic. Neste torneio bateu Florian Mayer com desistência direta, Dolgopolov por duplo 6-2, Radek Stepanek em 3 sets e Roger Federer por duplo 6-4. Murray é o campeão em titulo deste torneio, após ter derrotado David Ferrer o ano passado na final. 

Head to head: 8-7 Djoko. Este ano defrontaram-se 5 vezes, Murray venceu 3 vezes, incluindo os ultimos dois jogos. Em 15 jogos, nunca se defrontaram neste torneio ou em solo asiático

Conclusão: Djokovic vem de 2 derrotas consecutivas para Andy Murray e seguramente que não irá conceder uma terceira derrota. Este jogo faz-me lembrar o jogo na final de Miami, em que nole vinha de uma derrota para Murray no Dubai, mas que no jogo seguinte ( final de Miami ) deu uma resposta á altura, batendo o britânico em 2 sets e revelando a sua superioridade. Murray é claramente um jogador confiante, tem ténis para derrotar este sérvio, já o provou no US Open, mas aqui em Shanghai penso que o sérvio tem toda a vantagem do seu lado e seguramente que não esqueceu a derrota no US Open. Acredito que haja "vingança" no embate de hoje, com o sérvio a jogar a um nivel bastante elevado, como tem feito ao longo desta sua tour pela Àsia. A odd não é muito elevada, mas a confiança é muita para esta final de Shanghai.



Forum de Apostas

Re: [Masters Shanghai & WTA Linz/Osaka] 14 de Outubro 2012
« Responder #2 em: 14 de Outubro de 2012, 00:59 »

sniperthebest

  • Magnata
  • s
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Fev 2010
  • Localidade:
  • Mensagens:
    19389
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    5371
em: 14 de Outubro de 2012, 01:41
Ténis – Masters de Xangai
14 de Outubro, 2.00 (horário Sportingbet)
Novak Djokovic vs Andy Murray
Pick: Novak Djokovic Sportingbet 1.60


Unidades: 9/10


   O sérvio Novak Djokovic procura roubar o estatuto de número um mundial a Federer na parte final da temporada e tem feito pela vida nos últimos torneios, subindo o seu nível de forma, de lembrar que o número 2 do Mundo vem de um triunfo em Pequim, diante de Tsonga.
   Djokovic desiludiu bastante nas duplas batalhas de Wimbledon, ficando aquém das expectativas, respondeu com um triunfo na Rogers Cup – embora com um quadro algo desfalcado – mas voltou a perder de forma clara diante de Federer na final de Cincinnati e embora tenha ido à “negra” da final do US open, não conseguiu superiorizar-se a Andy Murray.
   Esteve melhor na China, primeiro vencendo em Pequim cedendo apenas um set em todo o torneio e vencendo em sets diretos, 4 tenistas do top-50.
   Já em Xangai ainda não cedeu qualquer set e perante peritos em pisos rápidos como T.Haas e T.Berdych não sentiu dificuldades.
   Djokovic apesar de não ter um dos mais potentes saques do serviço é um tenista muito completo, com especial apetência para responder com propriedade aos saques contrários, é dos big-4 provavelmente o mais agressivo e o mais ousado. Jogador que melhorou bastante em termos físicos e de movimentação no fundo do court é especialmente “mortífero” nas acelerações de jogo que faz e nos seus “winners” de direita, mormente através de pancadas paralelas. Nota-se uma clara subida de forma e de confiança em Djokovic que faz lembrar a excelente época transacta.




   Andy Murray o ano passado venceu dois Masters no Pacífico de rajada e o piso rápido de Xangai favorece-lhe claramente - o escocês, número 3 do mundo, terá uma palavra a dizer na final deste torneio.
   Murray teve dificuldades em concentrar-se depois do êxito nas Olimpíadas, abdicou na terceira ronda da Rogers Cup e em Cincinnati não foi além dos oitavos de final mas voltou à carga no US open, vencendo o seu primeiro “major” na carreira, reforçando a ideia que o técnico I.Lendl está a fazer um bom trabalho.
   No Open do Japão ainda “abafou” Karlovic e Wawrinka mas acabou por ceder nas meias finais diante de Raonic, em 3 sets, mas subiu de produção em Xangai onde venceu Dolgopolov (2-0 sets) e Stepanek (2-1 sets), mas o maior destaque vai para o triunfo diante de Federer em duplo 6-4, voltando a triunfar diante do suíço em Xangai.
   Murray está mais confiante do quem nunca, afinal venceu o seu primeiro “major” e medalha de Ouro nesta época e é o bi-vencedor em título em Xangai e isso lhe dará certamente muita confiança para esta partida. Murray mostrou-se muito seguro diante de Roger Federer e não há dúvida que com novo técnico corre mais riscos, mas isso não tem impedido de elevar a sua eficiência – já não é um tenista só de forte saque e de vólei optimizado, já tem outra qualidade e outra vontade de contra-atacar as bolas difíceis dos oponentes.


   Conclusão: Apesar de Murray ser o campeão em título creio que o título vai sorrir a Djokovic, que tem vantagem no Head-2-head diante de Murray, 9/7, mas que mais importante que isso, recuperou a fortaleza psicológica e a agressividade de jogar que o caraterizava e isso ficou bem claro em Pequim, onde nem mesmo Tsonga teve tempo de entrar no jogo. Acresce que Murray ao contrário de outros anos não está tão forte em Masters, não tem sido fácil de digerir tantas emoções e êxitos de topo esta época e pode ainda acusar o esforço físico e psicológico do duelo diante de Federer. Em hardcourt, esta época, Djokovic leva vantagem em percentagens de êxitos: 44/4 vs 36/7. Mas não menos importante que isso é o facto de Djokovic estar mais solto no court e de ter armas para parar as bolas pesadas e junto à “baseline” de Murray, até porque o sérvio é um dos tenistas que melhor defende no circuito profissional.


Agora marcado para as 9.40 pela Sportingbet
O que têm em comum Lionel Messi, Eddy Merckx, Michael Jordan e Sniperthebest? 3 TITLES IN A ROW!
VENCEDOR...LIGA SPORTINGBET + BET365 + FANTASTICWIN Futebol Dez. 2012



sniperthebest

  • Magnata
  • s
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Fev 2010
  • Localidade:
  • Mensagens:
    19389
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    5371
em: 14 de Outubro de 2012, 01:41
Ténis – WTA Linz
14 de Outubro, 12.05
Azarenka, Victoria - Goerges, Julia
Pick: AH: Julia Goerges + 7 jogos Pinnacle 1.87

Unidades: 9/10



A bielorussa Victoria Azarenka que já foi treinada por um técnico português está de pedra e cal na posição cimeira do ranking mundial até porque Sharapova e Serena Williams têm sido condicionadas em alguns momentos da temporada por questões físicas.
A atleta da Europa de Leste fez um início de temporada fulgurante que culminaram com o êxito no Australian Open, Doha e Indian Wells e apesar de a meio da época ter perdido algum gaz, ainda conseguiu atingir as meias-finais em Wimbledon e o 4º lugar nas Olímpiadas. Nos últimos torneios, Azarenka depois de se ter retirado na ronda da Rogers Cup, atingiu a final no US open perdendo para a super Serena Williams em 3 sets, mas já não esteve a esse nível em Tóquio já que abandonou antes de disputar os quartos de final da prova.
 No último torneio, Azarenka venceu em Pequim sem perder qualquer set batendo no processo Lisicki, M.Bartoli e Sharapova, por uns claros 6/3 e 6/1, na reedição do Australian open.
Azarenka é uma tenista terrivelmente regular e consegue manter um ritmo competitivo muito alto durante um encontro, sendo difícil de brekar dada a potência a agressividade que coloca no serviço, o seu estilo ofensivo encaixa que nem uma luva nos pisos sintéticos e finalmente superou a “mala pata” que tinha contra tenistas do top-10.





A germânica de 23 anos é a atual nº 19 do mundo, nesta que é a sua melhor temporada de sempre e não deixa de ser sintomático que no final de 2008 ela estava fora do top-100.
Julia Goerges tem primado pela consistência esta época, com presenças, por exemplo, nos oitavos de final do Australian Open e das Olimpíadas e pelo meio atingia a final do Dubai. Já no US open perdeu, de forma surpreendente, na ronda inaugural diante de Pliskova, em sets diretos e “somou” outra primeira ronda em Seul antes de atingir a segunda eliminatória em Tóquio, depois de vencer Mónica Niculescu, número 47 do mundo, por 6/3 e 6/2.
   Mas agora a alemã parece no pico da sua forma, em Pequim chegou aos oitavos de final, batendo no processo S.Stosur e em Linz bateu em sets diretos Hantuchova e Arvidsson, antes de dar a volta a 1/6 no set inicial diante de Flipkens no caminho para a final.
   Julia Goerges tem um serviço poderoso, com muita potência, ao qual não é estranho a sua estatura elevada, não é adepta de grandes trocas de bolas, mas quando os winners começam a sair do fundo do court torna-se uma oponente difícil de parar, pois muitas vezes o seu jogo não evolui mais porque não tem a confiança necessária para arriscar mais na devolução das bolas. Goerges está a fazer um excelente torneio de Linz e tem confirmado em todos os jogos o seu favoritismo e isso traz moral extra para este duelo com a número um mundial.




   Conclusão: Acho um exagero este handicap a favor de Azarenka, é certo que a bielorussa vem de um torneio de Pequim bem conseguido mas também não é menos verdade que tem abdicado de alguns torneios por questões físicas, típico de uma temporada longa e dura. Depois Julia Goerges não é propriamente nenhuma romena outsider, é uma tenista com muito valor, que ainda à pouco tempo, em Pequim, “vergou” S.Stosur no seu piso predileto, onde mostrou confiança no seu jogo e enorme agressividade e apresenta-se a fazer a sua melhor época de sempre.
   Acresce que Goerges tem um saque muito potente e agressivo e por isso não será fácil Azarenka fazer tantos breaks como a linha do handicap deixa antever e a alemã deixou boas indicações em Pequim contra atletas do top-10.
O que têm em comum Lionel Messi, Eddy Merckx, Michael Jordan e Sniperthebest? 3 TITLES IN A ROW!
VENCEDOR...LIGA SPORTINGBET + BET365 + FANTASTICWIN Futebol Dez. 2012



Snocks7

  • Crava
  • S
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Out 2012
  • Localidade: Porto
  • Mensagens:
    55
    Pts Tipsr:
    9
em: 14 de Outubro de 2012, 02:26
Ténis – Masters de Shanghai
Novak Djokovic vs Andy Murray
14 de Outubro, 9:30





Final do Masters de Shanghai, um publico entusiasta que realmente vibra perante as estrelas presentes no torneio, frente a frente irão estar os dois tenistas a praticar o melhor tenis do circuito actualmente.




Andy Murray, tenista de 25 anos e actual número 3 do Mundo, chega a este encontro naquele que é provavelmente o melhor momento da sua carreira. O seu registo na actual temporada é de 53 vitórias face a 12 derrotas. Depois de conquistar categoricamente o ouro Olimpico frente ao nº 1 do Mundo Roger Federer (6-2, 6-1, 6-4), Murray encheu-se de confiança e partiu para a sua primeira vitória num torneio do Grand Slam. Venceu o USOpen frente a Novak Djokovic (7-6(10), 7-5, 2-6, 3-6, 6-2), finalmente Murray "explodiu" e provavelmente quebrou aqui uma barreira psicológica que obviamente existia no tenista nos grandes e decisivos momentos.
Chega a este Shanghai Masters com os niveis de confiança no máximo, Murray sabe que está a praticar um bom ténis e exige a perfeição, nota-se claramente a sua frustração mesmo quando está a fazer um jogo excelente e coloca uma bola na rede. Passou directamente à terceira ronda, devido ao abandono de Florian Mayer, onde encontrou Alexandr Dolgopolov e venceu por claros 6-2 6-2. Nos 1/4 final defrontou Radek Stepanek (4-6, 6-2, 6-3) e apesar de perder o primeiro set, Murray conseguiu dar a volta e conquistar os dois sets seguintes tranquilamente, mais uma prova da confiança que nele impera, talvez o Murray de outros tempos não conseguisse uma reacção tão forte. Na 1/2 final, frente a Roger Federer (6-4, 6-4), Murray foi mais uma vez imperial, controlou o jogo em todos os momentos, mesmo após sofrer o contra break logo no 2º jogo do 1º set, nem mesmo a paragem devido à chuva fez com que Murray em algum momento perde-se o controlo.
O seu ténis é neste momento mais eficaz, Murray sempre foi um jogador equilibrado e completo, no entanto falhava muito na altura de concretizar o ponto. Defende de forma perfeita no fundo do court, é incrivel a sua capacidade de "reiniciar" o ponto, responde bem ao serviço (nos jogos de serviço de Federer conseguiu uma percentagem de 46% de pontos ganhos e um total de 11 pontos de break).




Novak Djokovic, também com 25 anos é actualmente o nº2 do Mundo, depois de uma época de sonho, nesta temporada regista 69 vitórias e 11 derrotas, desde a derrota frente a Murray na final do USOpen, Novak não perdeu qualquer jogo e apenas cedeu um set nos 9 jogos disputados, acabando assim por conquistar Beijing frente a Jo-Wilfried Tsonga (7-6, 6-2). Shanghai tem sido um passeio para Djoko, 4 partidas disputadas, em todas conseguiu vitórias confortáveis em dois sets. Na 1/2 final teve o seu teste mais "dificil", frente a Tomas Berdych actual nº7 do Mundo (6-3, 6-4), o jogo acabou por ser resolvido de forma simples por Novak que não deu qualquer hipotese ao adversário (75% de colocação do primeiro serviço com 83% de eficácia, 44% de pontos ganhos nos jogos de serviço do adversário e 25 winners), o mesmo foi admitido por Berdych que no final do encontro :"First of all I need to give credit to Novak, he started really like a champion," Berdych said. "He started really, really great, and didn't give me a chance at all."
Nesta final, Djokovic quererá certamente vingar a derrota na final do open dos Estados Unidos e conquistar este trofeu. Novak tem um jogo quase perfeito, joga um ténis atractivo e agressivo, responde sempre muito forte ao serviço do adversário, serve bem e apesar de não ter um dos serviços mais fortes do circuito é muito dificil quebrá-lo.





Conclusão:
Espero um jogo bem disputado, equilibrado e emotivo, que certamente merecerá o 3º set. Djokovic é favorito para esta partida mas encontra Murray que já provou que pode ganhar este jogo. No fundo do court Murray é muito forte e isso poderá causar problemas a Novak, no entanto com o massacre que é o jogo do sérvio para os adversários penso que este levará a melhor e acabará por vencer o jogo.
A minha aposta será então:


Novak Djokovic para vencer @1,57 Bet365
Confiança 8/10



da_silva

  • HighRoller
  • d
  • Estado:
    Online
  • Registo: Nov 2010
  • Localidade:
  • Mensagens:
    12369
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    5427
em: 14 de Outubro de 2012, 13:04
Competição: Masters Shanghai
Data: 14-10-2012 ás 09:30
Jogadores: Novak Djokovic vs Andy Murray
Pick: Novak Djokovic para vencer encontro a 1.53 @ Offsidebet
Confiança: 10/10


2-1 ( 5-7 / 7-6 / 6-3 )



Snocks7

  • Crava
  • S
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Out 2012
  • Localidade: Porto
  • Mensagens:
    55
    Pts Tipsr:
    9
em: 14 de Outubro de 2012, 13:27
Citar
Novak Djokovic para vencer @1,57 Bet365
Confiança 8/10

7-5 , 7-6, 6-3



Forum de Apostas

Re: [Masters Shanghai & WTA Linz/Osaka] 14 de Outubro 2012
« Responder #7 em: 14 de Outubro de 2012, 13:27 »

sniperthebest

  • Magnata
  • s
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Fev 2010
  • Localidade:
  • Mensagens:
    19389
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    5371
em: 14 de Outubro de 2012, 14:21
Ténis – WTA Linz
14 de Outubro, 12.05
Azarenka, Victoria - Goerges, Julia
Pick: AH: Julia Goerges + 7 jogos Pinnacle 1.87

Unidades: 9/10



A bielorussa Victoria Azarenka que já foi treinada por um técnico português está de pedra e cal na posição cimeira do ranking mundial até porque Sharapova e Serena Williams têm sido condicionadas em alguns momentos da temporada por questões físicas.
A atleta da Europa de Leste fez um início de temporada fulgurante que culminaram com o êxito no Australian Open, Doha e Indian Wells e apesar de a meio da época ter perdido algum gaz, ainda conseguiu atingir as meias-finais em Wimbledon e o 4º lugar nas Olímpiadas. Nos últimos torneios, Azarenka depois de se ter retirado na ronda da Rogers Cup, atingiu a final no US open perdendo para a super Serena Williams em 3 sets, mas já não esteve a esse nível em Tóquio já que abandonou antes de disputar os quartos de final da prova.
 No último torneio, Azarenka venceu em Pequim sem perder qualquer set batendo no processo Lisicki, M.Bartoli e Sharapova, por uns claros 6/3 e 6/1, na reedição do Australian open.
Azarenka é uma tenista terrivelmente regular e consegue manter um ritmo competitivo muito alto durante um encontro, sendo difícil de brekar dada a potência a agressividade que coloca no serviço, o seu estilo ofensivo encaixa que nem uma luva nos pisos sintéticos e finalmente superou a “mala pata” que tinha contra tenistas do top-10.





A germânica de 23 anos é a atual nº 19 do mundo, nesta que é a sua melhor temporada de sempre e não deixa de ser sintomático que no final de 2008 ela estava fora do top-100.
Julia Goerges tem primado pela consistência esta época, com presenças, por exemplo, nos oitavos de final do Australian Open e das Olimpíadas e pelo meio atingia a final do Dubai. Já no US open perdeu, de forma surpreendente, na ronda inaugural diante de Pliskova, em sets diretos e “somou” outra primeira ronda em Seul antes de atingir a segunda eliminatória em Tóquio, depois de vencer Mónica Niculescu, número 47 do mundo, por 6/3 e 6/2.
   Mas agora a alemã parece no pico da sua forma, em Pequim chegou aos oitavos de final, batendo no processo S.Stosur e em Linz bateu em sets diretos Hantuchova e Arvidsson, antes de dar a volta a 1/6 no set inicial diante de Flipkens no caminho para a final.
   Julia Goerges tem um serviço poderoso, com muita potência, ao qual não é estranho a sua estatura elevada, não é adepta de grandes trocas de bolas, mas quando os winners começam a sair do fundo do court torna-se uma oponente difícil de parar, pois muitas vezes o seu jogo não evolui mais porque não tem a confiança necessária para arriscar mais na devolução das bolas. Goerges está a fazer um excelente torneio de Linz e tem confirmado em todos os jogos o seu favoritismo e isso traz moral extra para este duelo com a número um mundial.




   Conclusão: Acho um exagero este handicap a favor de Azarenka, é certo que a bielorussa vem de um torneio de Pequim bem conseguido mas também não é menos verdade que tem abdicado de alguns torneios por questões físicas, típico de uma temporada longa e dura. Depois Julia Goerges não é propriamente nenhuma romena outsider, é uma tenista com muito valor, que ainda à pouco tempo, em Pequim, “vergou” S.Stosur no seu piso predileto, onde mostrou confiança no seu jogo e enorme agressividade e apresenta-se a fazer a sua melhor época de sempre.
   Acresce que Goerges tem um saque muito potente e agressivo e por isso não será fácil Azarenka fazer tantos breaks como a linha do handicap deixa antever e a alemã deixou boas indicações em Pequim contra atletas do top-10.

AH: Julia Goerges + 7 jogos Pinnacle 1.87   :ganha:
Já fez 6 jogos aposta ganha, a terceira da manhã...pls someone stop me!
O que têm em comum Lionel Messi, Eddy Merckx, Michael Jordan e Sniperthebest? 3 TITLES IN A ROW!
VENCEDOR...LIGA SPORTINGBET + BET365 + FANTASTICWIN Futebol Dez. 2012



JoaoMac

  • HighRoller
  • J
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Set 2008
  • Localidade:
  • Mensagens:
    11084
    Pts Tipsr:
    911
em: 14 de Outubro de 2012, 14:24
Por acaso não está ganha, que se a Goerges ganhar o tiebreak e perder 6-0 a seguir, perdes a aposta.



sniperthebest

  • Magnata
  • s
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Fev 2010
  • Localidade:
  • Mensagens:
    19389
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    5371
em: 14 de Outubro de 2012, 15:06
Por acaso não está ganha, que se a Goerges ganhar o tiebreak e perder 6-0 a seguir, perdes a aposta.

Estava a caminho e a pensar nisso estava tão focado que ela precisava de ganhar 6 jogos mas não houive crise aposta ganha...


AH: Julia Goerges + 7 jogos Pinnacle Sports 1.87 3/6 e 4/6  :ganha:
O que têm em comum Lionel Messi, Eddy Merckx, Michael Jordan e Sniperthebest? 3 TITLES IN A ROW!
VENCEDOR...LIGA SPORTINGBET + BET365 + FANTASTICWIN Futebol Dez. 2012



sniperthebest

  • Magnata
  • s
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Fev 2010
  • Localidade:
  • Mensagens:
    19389
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    5371
em: 14 de Outubro de 2012, 16:04
Ténis – Masters de Xangai
14 de Outubro, 2.00 (horário Sportingbet)
Novak Djokovic vs Andy Murray
Pick: Novak Djokovic Sportingbet 1.60


Unidades: 9/10


   O sérvio Novak Djokovic procura roubar o estatuto de número um mundial a Federer na parte final da temporada e tem feito pela vida nos últimos torneios, subindo o seu nível de forma, de lembrar que o número 2 do Mundo vem de um triunfo em Pequim, diante de Tsonga.
   Djokovic desiludiu bastante nas duplas batalhas de Wimbledon, ficando aquém das expectativas, respondeu com um triunfo na Rogers Cup – embora com um quadro algo desfalcado – mas voltou a perder de forma clara diante de Federer na final de Cincinnati e embora tenha ido à “negra” da final do US open, não conseguiu superiorizar-se a Andy Murray.
   Esteve melhor na China, primeiro vencendo em Pequim cedendo apenas um set em todo o torneio e vencendo em sets diretos, 4 tenistas do top-50.
   Já em Xangai ainda não cedeu qualquer set e perante peritos em pisos rápidos como T.Haas e T.Berdych não sentiu dificuldades.
   Djokovic apesar de não ter um dos mais potentes saques do serviço é um tenista muito completo, com especial apetência para responder com propriedade aos saques contrários, é dos big-4 provavelmente o mais agressivo e o mais ousado. Jogador que melhorou bastante em termos físicos e de movimentação no fundo do court é especialmente “mortífero” nas acelerações de jogo que faz e nos seus “winners” de direita, mormente através de pancadas paralelas. Nota-se uma clara subida de forma e de confiança em Djokovic que faz lembrar a excelente época transacta.




   Andy Murray o ano passado venceu dois Masters no Pacífico de rajada e o piso rápido de Xangai favorece-lhe claramente - o escocês, número 3 do mundo, terá uma palavra a dizer na final deste torneio.
   Murray teve dificuldades em concentrar-se depois do êxito nas Olimpíadas, abdicou na terceira ronda da Rogers Cup e em Cincinnati não foi além dos oitavos de final mas voltou à carga no US open, vencendo o seu primeiro “major” na carreira, reforçando a ideia que o técnico I.Lendl está a fazer um bom trabalho.
   No Open do Japão ainda “abafou” Karlovic e Wawrinka mas acabou por ceder nas meias finais diante de Raonic, em 3 sets, mas subiu de produção em Xangai onde venceu Dolgopolov (2-0 sets) e Stepanek (2-1 sets), mas o maior destaque vai para o triunfo diante de Federer em duplo 6-4, voltando a triunfar diante do suíço em Xangai.
   Murray está mais confiante do quem nunca, afinal venceu o seu primeiro “major” e medalha de Ouro nesta época e é o bi-vencedor em título em Xangai e isso lhe dará certamente muita confiança para esta partida. Murray mostrou-se muito seguro diante de Roger Federer e não há dúvida que com novo técnico corre mais riscos, mas isso não tem impedido de elevar a sua eficiência – já não é um tenista só de forte saque e de vólei optimizado, já tem outra qualidade e outra vontade de contra-atacar as bolas difíceis dos oponentes.


   Conclusão: Apesar de Murray ser o campeão em título creio que o título vai sorrir a Djokovic, que tem vantagem no Head-2-head diante de Murray, 9/7, mas que mais importante que isso, recuperou a fortaleza psicológica e a agressividade de jogar que o caraterizava e isso ficou bem claro em Pequim, onde nem mesmo Tsonga teve tempo de entrar no jogo. Acresce que Murray ao contrário de outros anos não está tão forte em Masters, não tem sido fácil de digerir tantas emoções e êxitos de topo esta época e pode ainda acusar o esforço físico e psicológico do duelo diante de Federer. Em hardcourt, esta época, Djokovic leva vantagem em percentagens de êxitos: 44/4 vs 36/7. Mas não menos importante que isso é o facto de Djokovic estar mais solto no court e de ter armas para parar as bolas pesadas e junto à “baseline” de Murray, até porque o sérvio é um dos tenistas que melhor defende no circuito profissional.

Novak Djokovic Sportingbet 1.60 2-1 sets    :ganha:
O que têm em comum Lionel Messi, Eddy Merckx, Michael Jordan e Sniperthebest? 3 TITLES IN A ROW!
VENCEDOR...LIGA SPORTINGBET + BET365 + FANTASTICWIN Futebol Dez. 2012



sniperthebest

  • Magnata
  • s
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Fev 2010
  • Localidade:
  • Mensagens:
    19389
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    5371
em: 14 de Outubro de 2012, 16:05
Citar
Novak Djokovic para vencer @1,57 Bet365
Confiança 8/10
Não foi bem 3-0, não foi assim tão fácil...

7-5 , 7-6, 6-3
O que têm em comum Lionel Messi, Eddy Merckx, Michael Jordan e Sniperthebest? 3 TITLES IN A ROW!
VENCEDOR...LIGA SPORTINGBET + BET365 + FANTASTICWIN Futebol Dez. 2012




 


Casas de Apostas: bet pt / Betclic / ESC Online / Nossa Aposta / Casino Portugal

Rede Apostaganha: Apostas / Palpites e Dicas de Apostas / Pronósticos de Apuestas / Betting Tips and Predictions